domingo, 12 de janeiro de 2014 0 comentários

Porra velho, eu tenho um blog!

Alferes na área bitches!

Passou começo de 2013 e eu deletei do meu mundinho que tinha um blog. YEP, LINDO ISSO DONA ALFERES. LINDO.

Mas é que, além de tudo, batizei esse neném aqui de utilidades e, sinceramente, não tenho nada útil a oferecer há tempos. Por isso mesmo não vou nem me dar ao trabalho de pensar numa retrospectiva de 2013, beleza? Até mesmo porque o que poderia dizer de substancial sobre esse ano é estritamente pessoal e, logo, nãoédacontadeninguémprontofalei.

Mas acho que é válido, mesmo que atrasado, deixar meu Feliz Ano Novo para qualquer ser desavisado que estiver lendo aqui. :)

E, só para não trair o nome  do blog, darei 2 diquinhas literárias:

No ano que se passou, adquiri para meu conforto como estudante de Direito portadora de Códigos, livros e Doutrinas, um Kindle Paperwhite.

Kindle Paperwhite – o eReader mais avançado do mundo

·         Tela sensível ao toque e com resolução imbatível, iluminação própria e 8 semanas de duração de bateria fazem do Kindle Paperwhite o eReader mais avançado do mundo
·         Sistema exclusivo e inovador proporciona iluminação ideal para leitura – tanto sob o sol da praia quanto em um quarto escuro
·         Mais leve que um livro de bolso e capacidade para mais de 1.100 eBooks: leve sua biblioteca para onde você for
·         O maior catálogo de livros com os melhores preços
·         A opção com 3G grátis permite descobrir e baixar eBooks em mais de 100 países, sem mensalidades, contratos ou custos extras

Pessoalmente, estou muitíssimo satisfeita com a minha compra. Usei-o o segundo semestre da faculdade inteiro, o que facilitou bastante meus estudos à doutrina especialmente (apesar de não ser tão eficiente quanto um livro de papel quando se trata de achar página no meio do livro escolhido) e ando me divertindo com ele nessas férias, apesar de viver esbarrando no touch, no que será minha segunda diquinha literária:

Coração de Tinta - Cornelia Funke 
Editora: Cia. Das Letras
Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante noturno finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição. 
É que Mo tem uma habilidade estranha e incontrolável: quando lê um texto em voz alta, as palavras tomam vida em sua boca, e coisas e seres da história surgem como que por mágica. Numa noite fatídica, quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado Coração de tinta. Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. Capricórnio quer usar os poderes de Mo para trazer de Coração de tinta um ser ainda mais terrível e sanguinário que ele próprio. Quando seus capangas finalmente seqüestram Mo, Meggie terá de enfrentar essas criaturas bizarras e sofridas, vindas de um mundo completamente diferente do seu.
(texto retirado de: http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=11936)

O livro faz parte da trilogia Mundo de Tinta, tendo sido publicado aqui no Brasil em 2006 e tendo até mesmo um filme baseado na obra. (Não um sucesso de audiência, mas vale assistir se ficar curioso.)

E é um livro que sinceramente recomendo bastante. A escrita da autora é deliciosa e os personagens bem trabalhados em suas nuances e verdadeiramente humanos. E, falando em humanidade, obviamente Dedo Empoeirado (descubra quem ele é lendo, deixe de ser preguicinha tsc tsc) foi o personagem que ganhou meu coração. Desgraça de carisma.

Bom... Acho que é tudo então... Pra quem só vinha dar Feliz Ano Novo e fugir correndo até que foi um post decentezinho, né? (né?)

Então, até uma próxima neste mesmo canal? ;)

beijos da Alferes 

quarta-feira, 13 de março de 2013 1 comentários

Hurray para a tecnologia digital.

Postagem mais que atrasada, perdida nos arquivos, mas vamos lá... Esta se refere às férias que tiraria. Às quais tirei, é claro, hahaha...

Bom, direto do triângulo das bermudas do Utilidades, a postagem atrasada! *palmas*



Viagem, praia, chuva e o que fazer?...

Nossa expedição à Ubatuba foi tudo o que eu esperava.

Alferes na área galera! Olá.

Passamos 8 belos dias alojados num apartamentozinho charmozinho que alugamos em Ubachuva e, como o meigo trocadilho diz: Choveu. Muito.

Foi uma benção então... Termos o cuidado de alugar um cantinho tão simpático, com TV LCD e uma coletânea de DVDs para entretenimento geral (fora, é claro, o que carregamos para lá). Não que tenhamos feito uso da coletânea, é claro... Afinal, pra que se render ao velho suspense e/ou ação sem-graça se podia muito bem utilizar minha coletânea pessoal de entretenimento? Logo, em seu lugar, a grande sensação da parada foi o Crowley meu pendrive (muito prazer).

Só que... nesse tira, põe, tira, põe... opa! Eis que algo some!

Não, eu não entendo LHUFAS de informática, logo, jamais saberei dizer que tipo de ritual satânico aconteceu pra esse menino me ter sumido com tudo que carregava!

...Meio over drama aqui agora, mas, sério, eu quis morrer quando vi o que tinha perdido. Entre Currículo atualizado, matérias de faculdade e escritos meus... perdi bem uns 27 documentos diferentes que não existiam em qualquer outro lugar, sendo que 6 deles em especial representavam muito tempo e esforço meu.

E continuando no over drama... eu chorei. Como.um.bebê. E depois postei no face com toda a maturidade que tenho :)

Mas eis aí o meu primeiro hurray à tecnologia.


Afinal, sem o meu querido amiguinho Facebook para eu expor com toda a classe que tenho (aham...) o terrível golpe que foi perder absolutamente TUDO, jamais teria descoberto, graças a um amigo-benfeitor, a solução para os meus problemas!



E o segundo hurray vai ao programa que me salvou a pele, enviado como resposta por esse amigo-benfeitor (Luis, obrigada eternamente!)... O Recuva.

Recuva (que se pronuncia como "recover"; "recuperar" em inglês) é um utilitário freeware para o Windows que serve para restaurar arquivos acidentalmente deletados do computador. Isso inclui arquivos que foram excluídos pelo comando "Esvaziar lixeira" e também imagens e outros arquivos que foram deletados da câmera digital ou tocadores de MP3. Também pode trazer de volta alguns arquivos que foram deletados por bugs, travamentos e vírus (se possível). 

Esse neném salvou a minha vida, sério.  E mesmo com o over drama again, não deixa de ser verdade em algum nível.

O desespero de perder arquivos importantes só é conhecido por quem é dependente do Word como eu e, é claro, já passei por experiências piores na minha santa-ruiva vida... Mas ainda assim não desejo ou recomendo isso a ninguém!

Por isso mesmo que resolvi dividir meu salva-vidas com vocês aqui hoje (mesmo depois de meses do ocorrido, cof cof...).

Claro que o programa não faz mágica... Esperei umas horinhas agonizantes antes de rever meus queridos arquivinhos, que voltaram ao mundo sem um nome próprio melhor que [000028], ou [000035]... Mas o que interessa é que funciona. Bem, vale frisar. 

E que depois de um susto grande e uma experiência realmente marcante, no fim do dia me vi novamente com os arquivos que tinham ido pro limbo, mesmo tendo que renomeá-los todos. 


De novo: Não faço a MENOR ideia do que diabos aconteceu nem de como isso foi possível. Talvez eu mesma os tenha deletado em algum momento sem querer, quem sabe?... Bom, eu não sei. Só que que no final vi mais uma vez como ainda me diferencio pouco de um gorila na frente de um pc (hahahaha) e como essa dependência dos meios digitais é mágica e traiçoeira para alguém tão ignorante na área quanto eu.

Mentira! :D

Dane-se minha habilidade na área, o que vi no fim das contas é que a mesma mão que me ferrou bonito (apesar de a palavra com f que gostaria de usar ser outra), foi a que me salvou de um ataque-de-pelanca por ver meses de trabalho no lixo.  E por isso o post é um hurray à tecnologia. 

... Ainda vou é fazer um curso de informática um dia, isso sim aiai.

hahahaha

Bom, é isso galera :3

Até a próxima postagem seus lindos!


beijos da Alferes, e
 um agradecimento especial aos meus amigos que andaram perguntando sobre o blog. Vocês sabem quem são ;) 


quarta-feira, 16 de janeiro de 2013 0 comentários

Brincadeira multilíngue

Alferes na área people!


Comecei há mais ou menos uma semana a estudar Francês novamente por um site bem legal que uma amiga me passou, o Livemocha (esta mesma amiga estava usando-o para aprender Italiano, aliás).






















Pra quem não sabe, é um site de idiomas bem bacaninha e não deixa de ser uma opção interessante para quem não quer ficar parado, mas não está podendo bancar um curso de línguas.

O site é claro, as divisões de módulos também, você pode corrigir atividades de pessoas que estão procurando aprender o seu idioma pátrio e tem nativos da língua que está aprendendo corrigindo as suas atividades (ou, pagando, pode ter um professor no idioma escolhido lhe ensinando). Há bate-papo disponível para a interação com outras pessoas dando oportunidade de aprender na prática.

 Não acho, ainda assim, que ele substitua um bom e velho curso com professor ao vivo e à cores, mas realmente é uma possibilidade mega bacana pra se começar e se treinar o que está aprendendo.

Entre as várias opções de idiomas há: Alemão, Búlgaro, Catalão, Eslovaco, Finlandês, Grego, Hebraico, entre outras... (e isso porque citei apenas 1 de cada letra do Alfabeto) Poderia citar uma por uma, mas ficaria uma vida pra isso.

Eu realmente me surpreendi com este site. Vou procurar tentar manter algum empenho em me desenvolver nos idiomas que selecionei pra aprender (não só o Francês), o que na verdade é a parte difícil, afinal a dedicação depende unica e exclusivamente de mim.

Bom, espero que este post ajude alguém a dar um passo em direção ao poliglotismo!! Eu curti, espero que curtam também pessoas.


Certo galera, é isso. Post relâmpago para não sentirem demais a minha falta (cof cof) agora neste meu retiro espiritual de 1 semana para a praia (é, viajei no fim-de-ano e vou viajar de novo, sue me)!

Até a próxima postagem seus lindos!


beijos da Alferes 

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013 2 comentários

Aquele 'Je Ne Sais Quoi'

Olá pessoas! É a Alferes na linha! ;D

Neste fim de semana, quero enfiar o pé na jaca. E quando digo que eu quero enfiar o pé na jaca, é porque estou falando de comida.

Sabe toda a sorte de junk food que vocês são (ou não) capazes de pensar? Yeah! That's right... é disso que estou falando. Mas, não como a maioria das pessoas normais, eu prefiro minha comida entope-veias feita em casa! Acho nosso hambúrguer caseiro aqui 1000 vezes melhor que qualquer Mc Palhaço e "Rei do Hambúrguer"...

Daí vocês me perguntam um sonoro: E como consegue?

Simples. Os ingredientes fazem a magia! 

Depois que se aprende o truque, não há mais erro.

Então lá vai as minhas dicas pra um hambúrguer caseiro com o melhor gosto de saudosismo da época que o tio palhaço fazia lanches pra seres humanos de tamanho normal comerem :D



3 truques para conseguir aquele 'Je Ne Sais Quoi':



>> 1º - Tenha Picles de Pepino com você. 



"Eu não gosto". Ok, não use. Mas se vai fazer pra mais gente e tem na roda quem curta, compre. O gosto é uma marca registrada do tio palhaço e pra mim o maior erro dos lanches do Mc é o picles vir grosso demais.





>> 2º - Use alface americana



Não adianta colocar alface lisa, crespa, mimosa, alienígena... A textura crocante da alface americana dá outra cara pro lanche, sério. Aconselho a cortá-la em tiras e depois lavar, porque tentar o método inverso pode ser frustrante (hahaha)

   

>> 3º - O verdadeiro pulo do gato: Tuche molho Billy & Jack nele!!


Molho Billy & Jack, encontrado por aqui num tubinho pequeno demais pro meu gosto pela KiSabor, é o grande truque da noite. Você não dá nada por aquela coisiquinha, mas quando põe no lanche e morde, você percebe que finalmente encontrou o Molho Especial que tanto ouvia na musiquinha do Big Mac. 


E, não fiz o teste ainda, mas acredito de verdade que o safado não passa de uma mistura malandra de Ketchup, Mostarda, Maionese e o bendito do Picles de Pepino.(Quem sabe não volto com resultados futuros de um possível teste?)





O resto fica a critério, pessoas... Pão de hambúrguer com ou sem gergelim, tomate sim ou não, cebola, que tipo de queijo por sobre seu hambúrguer... Se vai fazê-lo em casa ou comprar congelado e se sim, que marca. 

Mas eu garanto que com esses 3 passos não há erro. Pra um lanche delicioso, são esses amigos que não pode deixar fora da sua lista.

Então, pra quem curtiu a dica, Bom Apetite!!


E pra matar as saudades, lá vai a propaganda







Bom galera, é isso.

beijos da Alferes 
domingo, 6 de janeiro de 2013 1 comentários

2013 na área. E então?...


E então que cá estou eu galerinha!

Sem nenhuma utilidade de fato, creio, mas com as orelhas coçando e ardendo até não poder mais, em compensação, pelo nº absurdo de boatos e mentiras que meu amiguinho Ask.fm trouxe ao meu conhecimento (sendo elas verdadeiras ou não) e... uau... eu que pensava que não incomodava ninguém, tenho até um fake-me socializando no Chat da UOL ao que parece!

Mas enfim... foda-se :D

FELIZ 2013 PESSOAS!! Com uns 6 dias de atraso, mas enfim... o que vale é a intenção, certo? (X)

Passei os últimos dias procurando o que postar por aqui, pra falar a verdade. Até mesmo tinha me sido sugerido "um post sobre o que planeja para o novo rumo da sua santa ruiva vida, e como você vai fazer para que não seja só mais uma daquelas promessas de ano novo", ideia que realmente tinha gostado, apesar de não fazer ideia de como poderia colocar em prática. Eis então a demora.

Mas, pensando a respeito, eu já tinha previamente uma pseudo listagem não-oficial sobre minhas pretensões pra 2013... (à qual, depois destes incidentes todos, decidi acrescentar, com certeza, ‘ser mais atenta às coisas à minha volta’, porque tá tenso o negócio rapá)

1-     Primeira coisa que pretendo é retomar meu aprendizado em outras línguas... Francês, tu não me escapa, seu lindo! 
2-     Arrumar um emprego legal (estou carecendo de um)
3-     Ter mais disciplina e dedicação ao que já faço...

... E por aí vai...

Mas o principal aqui é que estipulei uma forma de organizar essas metas, graças ao conselho genial da minha psicóloga mais que querida:

 Meu próprio Circulo-da-Felicidade! (batizado assim por mim)

Ele funciona mais ou menos assim: Você faz um circulo, separando-o em 12 pedaços, marcando os meses do ano nele. E, dentro dele, você cola imagens que representem suas metas, estipulando meio que um prazo para quando as quer concluídas... 

Assim ó:

 






















E pra dar mais personalidade pro dito-cujo, você pode preencher o centro com a imagem que mais te apetecer, que te represente algo de  importante (escolhi uma caixa de presente, porque sou obvia e a vida é um presente). E quando tudo estiver lindamente concluído, é só pendurar num lugar em que o possa ver diariamente.

Ficou entendível?

Este será meu motivador diário neste ano. Meu circulo particular, ostentando minhas metas para que eu não esqueça e não desanime! (Vou por uma torre Eiffel em Julho, ah se vou!)


Bom galera... acho que por hora é isso. Ficou uma dica da Alferes aqui. 

Na próxima, acho que venho com uma receita rápida pra fazer numa hora qualquer de solidão, quando a vontade de comer é muita e as opções não ruins! (ou não).



beijos da Alferes 

sábado, 22 de dezembro de 2012 2 comentários
Hey, ho, let's go!!!

Gente, dia 22, pós fim-do-mundo (que, novamente, foi adiado...) e cá estou eu, preparando-me para o Natal, viagem de fim de ano, pra chegada de 2013 e pra um novo rumo na minha santa-ruiva-vida!

E esse rumo inclui um novo projeto pessoal, no caso, este blog.



O nome é auto-explicativo... "Utilidades de Alferes" foi a bola da vez porque, mais que... sei lá... escrever sobre a minha vida (dãh), ele veio ao mundo para que eu pudesse compartilhar descobertas e utilidades talvez não tão úteis assim, quem sabe?

Espero que se divirtam comigo por aqui. As postagens provavelmente só começarão de verdade em Janeiro de 2013... mas por hora, deixo aqui um beijo sabor Amora e a promessa de que voltarei 

Boas férias pra vocês, pessoas!

E um Feliz Natal!!







beijos da Alferes!


 
;